LPB: Algés termina a invencibilidade do Vitória


O Algés pôs fim à invencibilidade do Vitória, ao vencer em casa a equipa vitoriana pela diferença mínima. Um jogo emotivo, discutido até aos segundos finais, com os algesinos a gerirem até ao limite a curta vantagem de que dispunham. O Vitória ainda dispôs duma última posse de bola para vencer o encontro, mas a defesa do Algés, com alguma atrapalhação ofensiva à mistura, conseguiu evitar os dois pontos que consumariam a reviravolta no resultado.


No lançamento deste jogo, foi aqui dito que o Algés funcionava bem como equipa quando jogava em casa, e isso poderia tornar-se numa vantagem. E a verdade é que cumpriram com a palavra, jogando de igual para igual com até então líder invicto da Liga. 

Mais até do que isso, visto que ao intervalo, no final do 1º período vencia pela diferença mínima (23-22), dispunha de uma vantagem de nove pontos (49-39). O Vitória reagiu como seria de esperar, reduzindo para três os pontos que separavam os dois conjuntos à entrada do 4º período. 

O Algés conseguia equilibrar a luta das tabelas, tentava gerir a posse de bola sem erros, mostrava relativa eficácia nos lançamentos de longa distância, e aproveitava bem todas as idas para a linha de lance-livre (22/24 – 92%). Mesmo assim, só no final pode respirar de alivio já que os últimos segundos foram bem agitados. 

Numa altura em que vencia por três pontos, uma falta anti-desportiva colocava José Silva na linha de lance-livre, converteu os dois (77-78), e ainda dava posse de bola ao Vitória para um último ataque. A decisão passou por isolar Paulo Cunha na zona central e tentar jogar 1x1 frente a Josimar Cardoso. Nem essa ação teve sucesso, tal como um 2º lançamento de José Silva após conquista do ressalto ofensivo. A bola saía pela linha final para alivio de toda a equipa de Algés, que já esta temporada tinha visto fugir-lhe uma vitória nos instantes finais. 

Neste segundo triunfo do campeonato, Rui Quintino (15 pontos, 9 ressaltos e 3 roubos de bola), Josimar Cardoso (17 pontos e 3 ressaltos) e Diogo Ventura (11 pontos, 4 ressaltos e 2 assistências) foram decisivos pelas boas atuações que tiveram durante o encontro. 

Resultados:
Algés 78-77 Vitória
Barcelos 62-67 Ovarense
CAB 100-74 Oliveirense
Académica 47-67 Maia Basket
Benfica 97-73 Sampaense
Galitos x Lusitânia (hoje)

Algés junta-se assim a um grupo de sete equipas na terceira posição com 2 vitórias e 2 derrotas:

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!