«Sem derrotas em casa até final»
Algesina Sofia Silva pressiona Vagos


Sábado, às 18 horas, em Algés, disputa-se o grande jogo da 18ª ronda da Liga Feminina, que vai definir que passará a liderar, isolado, a classificação. Frente a frente Algés e Vagos, os finalistas da Taça de Portugal, prova recente, que terminou com o triunfo das nortenhas. Mas Sofia Silva avisa que este encontro será diferente, pois a equipa aprendeu com os erros do passado. Em Algés é quase uma questão de honra terminar a fase regular sem derrotas em casa...

Sofia_SilvaO jogo da final da Taça de Portugal já faz parte do passado e, mais do influenciar o próximo encontro entre estas mesmas duas equipas, Sofia Carolina considera que servirá de lição para o jogo de sábado. 
“Na minha opinião, o jogo da Taça foi de aprendizagem, que vai servir disso mesmo para o próximo jogo. Contudo, diria que faz parte do passado, mas teremos de pegar principalmente no que não correu bem e trabalhá-lo detalhadamente. Acredito que não influenciará o rendimento da equipa. É um facto que não estamos muito familiarizadas com derrotas, mas quando tal acontece aproveitamos para corrigir lacunas, trabalhar pormenores para sermos melhores a cada dia.”
No último jogo a poste algesina reconhece que a equipa esteve abaixo do que é habitual em alguns dos capítulos do jogo. “Foi um encontro em que tivemos momentos muito bons e momentos muito maus. Para se ganhar jogos como estes temos que ser consistentes do início ao fim e em algumas fases (determinantes) do jogo estivemos abaixo do habitual, tanto em termos ofensivos como defensivos. Apesar de que 55 pontos sofridos de uma equipa como a do Vagos não é de todo uma má defesa.”
Tendo ainda na memória o jogo do passado fim-de-semana a internacional portuguesa não considera que o Algés tenha estado mal nos aspetos defensivos. Não foi tudo perfeito, o que pressupõe algumas melhorias para inverter o resultado. “Na minha opinião, no geral e apesar de terem existido algumas falhas defensivas que ditaram alguma vantagem delas, estivemos minimamente bem. Conseguimos ‘anular’ ofensivamente a maioria das suas jogadoras exteriores, o que levou as levou à procura de novas soluções: o jogo interior. Desta forma, iremos preparar-nos consoante estes aspetos. Com certeza que iremos ser mais eficazes em termos defensivos e ofensivos.”

Sem o assumir abertamente, depreende-se, tendo em conta boa temporada que o Algés está a fazer, no discurso de Sofia Silva que o grupo ambiciona terminar na frente a fase regular. “Temos como objetivo vencer o próximo jogo e os que se seguem, só assim poderemos terminar na frente. Este encontro é importante mas não decisivo para as nossas ambições, nunca sabemos o que vem a seguir, uma vez que nunca damos um jogo sem o jogar como adquirido. Temos vindo a fazer o ótimo campeonato, sem derrotas em casa e é assim que nos queremos manter até ao final.”




Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!