Jamarkus Holt eleito MVP


Na oitava jornada da LPB o melhor jogador acabou por ser oriundo de uma equipa que perdeu. Jamarkus Holt não conseguiu evitar o desaire do Algés em S. Paio de Gramaços mas os números que registou no embate impressionaram. Já o melhor português da ronda foi João Balseiro, determinante no triunfo da Académica em Barcelos.

LIGA PORTUGUESA DE BASQUETEBOL

MVP Global: Jamarkus Holt, Sport Algés e Dafundo, 40.5 de valorização
Embora tenha chegado há pouco tempo a Portugal, o norte-americano da equipa do Algés necessitou apenas de duas jornadas para ser distinguido como o jogador mais valioso da ronda. O mais recente reforço dos algesinos já deu provas que consegue ser uma referência ofensiva para a equipa, bem como uma preciosa ajuda na luta das tabelas. Na derrota em S. Paio de Gramaços, Holt registou 28 pontos, 15 ressaltos, 2 assistências, 2 roubos de bola e 1 desarme de lançamento, nos 40 minutos que esteve dentro de campo.

MVP Nacional: João Balseiro, Académica de Coimbra, 30 de valorização
Este extremo português tem sido um dos responsáveis pelo excelente inicio de campeonato que a Académica está a realizar. Num período em que escasseiam os jogadores que consigam meter a bola no cesto, Balseiro é uma das boas exceções a esse problema nacional. No triunfo dos estudantes, em Barcelos, converteu 30 pontos, roubou 5 bolas, capturou 4 ressaltos e ainda teve tempo para assistir por 2 vezes os seus companheiros.

5 IDEAL

Posição 1 –Jason Smith, CAB Madeira, 26.5 de valorização
Depois da lesão que o obrigou a estar algum tempo de fora, o base dos madeirenses regressou em grande forma à competição. Jason tem sido um dos elementos preponderantes no bom momento que a equipa madeirense atravessa, bem patente na vitória folgada alcançada em Torres Vedras. Os 20 pontos, 7 assistências, 3 roubos de bola e 2 ressaltos, contribuíram para mais uma vitória dos insulares, desta vez fora de casa.

Posição 2 – Lace Dunn, Sport Lisboa e Benfica, 30 de valorização
As ausências, por lesão, na equipa benfiquista, beneficiaram a maior utilização deste norte-americano por parte do técnico Carlos Lisboa na partida de Guimarães. Rotulado de bom atirador, Dunn já tinha dado provas da sua enorme facilidade em lançar ao cesto. Gesto que efetuou com sucesso para lá da linha de três pontos no jogo com os vimaranenses, uma vez que conseguiu converter 6 em 10 tentados. Terminou o encontro com 28 pontos, 7 ressaltos, 2 roubos de bola, 1 assistência e 1 desarme de lançamento, números que contribuíram para que o Benfica se mantivesse invicto.

Posição 3: João Balseiro, Académica de Coimbra, 30 de valorização 

É MVP Nacional deste ronda.

Posição 4: Seth Doliboa, Sport Lisboa e Benfica, 35.5 de valorização
Segundo jogador do Benfica a integrar o cinco ideal da semana. Doliboa dispensa apresentações, uma vez que a sua qualidade já é sobejamente conhecida por todos aqueles que acompanham a modalidade. Embora ocupe a posição 4, Seth tem uma enorme facilidade em atirar ao cesto, bem como colocar a bola no chão e atacar o cesto. Qualidades que fazem dele um jogador complicado de defender, para não falar das imensas soluções ofensivas que permite idealizar. A sua eficácia ofensiva ficou bem registada no jogo de Guimarães, já que conseguiu a mesma percentagem de lançamento de 2 e 3 pontos (4/6 – 67%). Contabilizou 28 pontos, 10 ressaltos, 2 assistências e 1 roubo de bola naquela que foi a sétima vitória consecutiva da temporada.

Posição 5: Jamarkus Holt, Sport Algés e Dafundo, 40.5 de valorização 
O norte-americano do Algés foi o MVP Global da 8ª jornada da LPB.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!