Republica Checa quebra invencibilidade das Sub-20 lusas

A selecção nacional de Sub-20 femininos estreou-se hoje a perder no Campeonato da Europa da categoria. No confronto com um dos rivais directos na luta pelo título e pelas medalhas, a República Checa, a equipa portuguesa acabou derrotada por 51-58.


"Tu cá, tu lá" é a expressão que melhor descreve o evoluir do marcador na primeira parte da partida. Num jogo de parada e resposta, em que as defesas desde o início se sobrepuseram aos ataques, Portugal terminou o primeiro quarto em vantagem por um ponto (11-10).

No segundo período, manteve-se a toada de equilíbrio e só um triplo da checa Mircová no último minuto da primeira parte desfez o empate no marcador para dar uma vantagem de 3 pontos à República Checa (22-25).

O recomeço do jogo após o intervalo, altura em que as lançadoras checas (Vyoralová e Satoranská) estiveram em bom plano, a equipa das quinas deixou fugir a vantagem checa para a casa das dezenas, diferença que viria a revelar-se decisiva, na medida em que Portugal nunca mais conseguiu 'ir buscar o jogo'. No final do terceiro período o resultado era de 34-41.

Até final, as atletas de Eugénio Rodrigues e José Araújo nunca desistiram, mas a República Checa soube capitalizar a vantagem conseguida no início da segunda metade e foi capaz de segurar a vitória no último período (17-17), fixando o resultado final em 51-58.

Jéssica Almeida voltou a ser a jogadora portuguesa com melhor aproveitamento ofensivo ao marcar 15 pontos marcados (6/14 lançamentos de campo e 3/4 lances livres), juntando ainda 4 ressaltos e 2 assistências.

Amanhã será dia de descanso para todas as equipas, mas na próxima sexta-feira Portugal tem um confronto de carácter decisivo frente à seleção da Letónia. As letãs apesar de começarem a prova duas derrotas consecutivas (contra duas primeiras classificadas Bélgica e República Checa, por 5 e 8 pontos, respectivamente) têm vindo a subir de rendimento, como mostram os últimos resultados onde venceram Inglaterra, Israel e Roménia por 16, 31 e 38 respectivamente.

Este encontro pode ser decisivo para Portugal, já que em caso de vitória, podemos assegurar o regresso à Divisão A.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!