Jamarkus Holt, Sport Algés e Dafundo, 28 de valorização

LIGA PORTUGUESA DE BASQUETEBOL 

MVP Global: Ivan Almeida, Vitória Sport Clube, 29.5 de valorização 
Este extremo da equipa de Guimarães continua a assinar boas exibições, o mesmo que dizer que tem revelado consistência e qualidade no seu rendimento desportivo. Desta vez não foi acompanhado por uma vitória da equipa, já que os 21 pontos, 11 ressaltos, 4 assistências, 2 roubos de bola e 1 desarme de lançamento não foram suficientes para que os vitorianos garantissem o triunfo em Coimbra, frente à Académica. 

MVP Nacional: João Gomes, Sport Lisboa e Benfica, 27.5 de valorização 
Não restam dúvidas que este jogador atravessa um excelente momento de forma, bem como que a sua auto-confiança está em alta. Disso tem tirado partido o Benfica que tem contado com a inspiração do internacional português para continuar a somar vitórias no campeonato. No triunfo diante o Galitos/Barreiro, Betinho revelou uma tremenda eficácia nas suas ações ofensivas factor sempre determinante para obter uma boa valorização final. Registou 20 pontos, 4 ressaltos, 3 assistências, 2 roubos de bola e 2 desarmes de lançamento, nos pouco mais de 31 minutos que esteve dentro de campo. 

5 IDEAL 

Posição 1 – Mário Fernandes, Académica de Coimbra, 20 de valorização 
A equipa de Coimbra continua a surpreender, e a uma jornada do final da fase regular continua envolvida na luta pelo 2º lugar da fase regular. A chegada a Coimbra de Mário Fernandes ajudou a que os estudantes se tornassem mais fortes e dispusessem de mais soluções ofensivas e que permitisse uma maior rotação nas posições exteriores. E mais um sucesso da Académica, Mário voltou a ser determinante ao contribuir com 23 pontos, 5 ressaltos,5 assistências e 2 roubos de bola, uma prestação que poderia ter sido ainda bem melhor não fossem os turnovers (6). 

Posição 2 – Ivan Almeida, Vitória Sport clube, 29.5 de valorização 
O atleta do Vitória de Guimarães foi o MVP Global da ronda do passado fim-de-semana. 

Posição 3: João Gomes, Sport Lisboa e Benfica, 27.5 de valorização 
O jogador do SL Benfica foi o português mais valorizado da última ronda. 

Posição 4: Jamarkus Holt, Sport Algés e Dafundo, 28 de valorização
A história voltou a repetir-se para o conjunto algesino, se bem que com contornos diferentes. O Algés voltou a não conseguir vencer, mas não foi o último período que ditou a derrota da equipa lisboeta, mas sim o prolongamento. O norte-americano, também esse repetiu uma boa exibição, ao destacar-se com mais um duplo-duplo (21 pontos e 16 ressaltos), a que juntou 1 roubo de bola.
 


Posição 5: Fred Gentry, Sport Lisboa e Benfica, 28 de valorização 
Depois de um longo período afastado da competição, Gentry parece cada vez mais próximo da sua melhor forma desportiva. Um sinónimo de qualidade e eficácia, um pouco à imagem daquilo que tem feito em épocas anteriores na competição nacional. Neste ronda contabilizou mais um duplo-duplo (15 pontos e 11 ressaltos) na sua carreira, com um desempenho muito eficaz em termos ofensivos, uma vez que falhou poucos lançamentos. Teve ainda tempo para distribuir 1 assistência, efetuar 1 desarme de lançamento e roubar 2 bolas. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!