«Queremos acabar em primeiro»
José Araújo e a receção à Qta Lombos

A derradeira jornada da Liga Feminina vai colocar frente a frente Quinta dos Lombos e Algés, um emocionante duelo que vai definir o primeiro classificado da fase regular. O treinador do Algés reconhece que a capacidade física é um dos principais trunfos da equipa de Carcavelos e não vê vantagens no facto de jogar em casa. Mas não deixa de acreditar nas suas jogadoras, salientando que têm “boas hipóteses de vencer o jogo”.
O jogo da última jornada, que coloca frente a frente Algés e Quinta dos Lombos, será decisivo para decidir quem terminará na frente a fase regular. Apesar de estar no comando, e de o jogo ser em Algés, o treinador José Araújo não considera que a sua equipa tenha favoritismo para o encontro do próximo sábado. “Este jogo decide realmente o primeiro lugar da fase regular e por isso mesmo espero um grande encontro, muito intenso e competitivo. Tenho a certeza que vamos estar como sempre, a trabalhar muito para ser competitivos. Jogar em casa nesta fase da prova já não é uma vantagem clara entre equipas do mesmo nível. É um jogo em que qualquer equipa pode sair vencedora. Trabalhámos muito para estar nesta posição e queremos acabar em primeiro, estamos onde queríamos estar e são estes jogos que nos motivam.” 

O balanço que o treinador algesino faz da prestação da equipa até esta fase da temporada é extramente positivo, sem esquecer o futuro já que estão a ser criadas as bases para que a formação possa assegurar o sucesso e a sustentabilidade do clube. “Está a ser uma época ótima! Um novo ciclo, um novo projeto com muitas jogadoras novas em relação à ultima campanha e uma nova filosofia de trabalho de todo o basquetebol feminino do Algés. O objetivo é claro, trabalhar em conjunto para a excelência a médio - longo prazo. Mas no presente a prestação está a ser muito boa, marcámos presença em todos os pontos altos, e já conquistamos dois troféus, só posso fazer um balanço muito positivo.

Apesar de alguns resultados menos conseguidos, José Araújo não acredita que o rendimento da equipa de Carcavelos tenha decaído nesta parte final da fase regular. “Não concordo com essa ideia. A equipa dos Lombos esteve praticamente toda a época regular no primeiro lugar, tem, na minha opinião, o plantel mais equilibrado e mais extenso da Liga. Apesar de um ou outro jogo menos conseguido, não considero que estejam a decair.” 

Na opinião do técnico algesino existe um fator que considera poder influenciar o desfecho do jogo. “Claramente é a equipa que mais problemas nos criou no aspeto físico. São a equipa mais forte da Liga neste capítulo e pode ser um fator de desequilibro.” 

Individualmente, a qualidade não se limita a uma jogador, bem pelo contrário, já que o treinador na equipa lisboeta reconhece valor ao plantel da formação de Carcavelos. “Sinceramente teria que descrever muitas jogadoras. Têm acima de tudo um grande equilíbrio entre jogo interior e exterior. Capacidade para penetrar e muitas lançadoras exteriores.” 

No entanto, os perigos estão identificados, bem como a estratégia que permite bater a equipa da Quinta dos Lombos. “Controlar o ritmo do jogo vai ser decisivo para nós. Depois, como já referi, sermos capazes de responder ao poderio físico da Quinta dos Lombos. Desempenhando estas duas tarefas com qualidade teremos boas hipóteses de vencer o jogo.” 

Jose_Araujo





Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!