António Pires enaltece qualidade do Algés


António_Pires

O jogador reconhece que o plantel tem algumas lacunas, nomeadamente no que diz respeito às áreas próximas do cesto, mas assegura que a equipa trabalha no sentido de as colmatar. Em vésperas de visitar o Benfica, Pires alerta para a necessidade de a equipa não perder a concentração.

A exibição na Madeira veio demonstrar que o Algés é uma equipa a
subir de forma e com margem de progressão? Sim, de certa forma podemos dizer que estivemos mais perto do nível que queremos apresentar esta época. Sabemos que temos algumas lacunas que nos ultrapassam e que estão a tentar ser resolvidas, mas não será por isso que vamos deixar de lutar para discutir todos os jogos e chegar às tão desejadas vitórias. 

A equipa tem revelado algumas dificuldades em fazer pontos. A ausência de estrangeiros no plantel é a principal explicação para que tal aconteça? 
Não sei se será mais correto falar em ausência de estrangeiros ou na falta de alguns jogadores para a rotação nas posições mais próximas do cesto. Quanto a isto treinamos na esperança que no futuro próximo as coisas estejam resolvidas. Importa realçar que aqui há gente com muita qualidade, que sabe e consegue marcar pontos, mas temos consciência que sem referências interiores, as coisas tornam-se mais difíceis para os jogadores exteriores. Há também jogadores que, por essa lacuna, não estão a jogar nas suas posições habituais o que os leva a fazer um esforço enorme para que a equipa consiga jogar organizada. 

Na próxima jornada deslocam-se à Luz. Será certamente um enorme desafio à vossa capacidade de superação? 
Sem dúvida. Assim como nos outros jogos era necessário superação para vencer, neste jogo não basta essa superação. É preciso muito mais. Estar concentrados os 40 minutos, um grande espírito de união e entreajuda e tentar levar a discussão da vitória para o 4º período. Se chegarmos ao último quarto com o jogo equilibrado então aí sim podemos pensar em ganhar. 

Que pontos fortes destacaria no Benfica, e com os quais terão de
ter naturalmente mais atenção? 
No Benfica poderia destacar cada jogador individualmente, pois são 12 atletas experientes com anos de Liga e seleções assim como outras competições tão ou mais fortes que a liga portuguesa. Assim sendo destaco o Benfica como o seu todo onde o seu ponto mais fraco estará no fato de nos poderem subestimar e podermos usar isso como fator surpresa. Será importante não perder a concentração, e tentar controlar a posse de bola, pois um minuto que seja pode ser a diferença de estar a ganhar/perder por poucos e estar atrás do resultado a perder por 10-20 pontos. Assim sendo espero que seja um bom jogo e que os nossos adeptos consigam comparecer na Luz para nos apoiar! 



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!

O Algés na Escola Básica João Gonçalves Zarco