«Temos as nossas armas»

António Pires mostra otimismo do Algés
Antonio_Pires

O Algés disputou apenas um encontro para chegar à Final 8 da Taça de Portugal, mas esse facto está longe, segundo o jogador, de retirar mérito ao apuramento da equipa lisboeta. António Pires antevê uma eliminatória com o Sampaense extremamente disputada.
Para um clube que este ano subiu à Liga, atingir uma Final a 8 é sempre algo de muito positivo, e que António Pires faz questão de destacar. “O Algés é um clube bastante eclético no que diz respeito ao desporto e que vem tentando desenvolver, passo-a-passo, uma estrutura séria e sustentada no que concerne ao Basquetebol. Por isso, estar numa fase final de uma competição como a Taça de Portugal, com hipóteses de lutar pela sua conquista, tem de ser um sinal positivo para que a estrutura continue a crescer e afirmar-se, cada vez mais, como uma potência do Basquetebol no concelho, no distrito e no país.”
Uma presença que representa muito para o clube, bem como para o grupo de trabalho que a garantiu. O base algesino espera ser mais feliz nesta prova, de modo a que o esforço de todos seja recompensado. “Embora tenhamos chegado à fase final disputando apenas um jogo, não deixa de ser meritória a nossa presença nesta, assim como o alcançar de um dos objetivos de inicio de época definidos pelo clube/grupo de trabalho. As coisas não estão fáceis no campeonato, as derrotas por menos de 5 pontos estão já na casa das dezenas e, tendo consciência disso, o grupo está ansioso por vitórias. Queremos conseguir deixar o patamar do "quase" para o patamar do "ganhar" e nada melhor que jogar já na 5ª feira para tentar inverter essa tendência negativa.”
António considera que a eliminatória está em aberto, pelo que será extremamente importante condicionar o adversário, potenciando os aspetos positivos, sem esquecer o que de menos bem correu no passado. “Será um jogo certamente muito disputado. São duas equipas que não têm nada a perder e por isso vão fazer de tudo para sair vitoriosos da 1ª ronda. Mesmo sabendo que o jogo seguinte (seja qual for o resultado entre o Benfica - Académica) será de extrema dificuldade que só com superação conseguirão chegar à final. Claro que é diferente perder nos 1/4 de final do que nas 1/2 finais e por isso o vamos entrar como se da final se tratasse. Querendo falhar o menos possível no ataque e reduzir ao mínimo o número de erros defensivos para limitarmos o marcador ao Sampaense visto que têm dois jogadores no top 10 dos melhores marcadores da LPB. Contam com um base bastante experiente, são uma equipa organizada que sabe jogar e explora bem os seus pontos fortes e negá-los será o nosso objetivo. Do nosso lado temos as nossas armas e argumentos e estou convicto que temos aprendido com os erros que temos cometido e que sairemos felizes deste jogo com uma vitória.”
O atleta não quer colocar a fasquia muito elevada preferindo concentrar-se na eliminatória desta quinta-feira. “Não pensamos muito onde poderemos chegar. Podemos sonhar com isso, mas o nosso foco está sempre centrado no próximo jogo. Por isso vamos pensar minuto a minuto no 1º jogo, e se ganharmos, aí sim, pensar e analisar os fortes candidatos da ronda seguinte.”


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!