BwB: Entrevista com o Luís Câmara


Vamos conhecer um pouco do Luís Câmara.

Identificação e percurso

Comecei a jogar basquetebol aos 7 anos no Sport Algés e Dafundo. 
Após 9 anos na modalidade onde estão incluídas participações em seleções regionais e nacionais e uma época com a equipa sénior do Algés apresenta-se agora a oportunidade de representar não só a mim próprio como também o meu país neste campo do Basketball Without Borders em Almada. 

Que importância consideras ter esta primeira edição em Portugal do BWB para a modalidade? 

Em primeiro lugar queria agradecer a aqueles envolvidos em trazer este evento a Portugal e aqueles que me selecionaram para fazer parte desta experiência. 
Sinto que este evento terá um tremendo impacto não só para os jogadores envolvidos, como também, para atletas mais jovens pois cria um precedente para o qual outros poderão ambicionar e tenho esperança que cada vez mais portugueses tenham esta e outras oportunidades para se destacarem. 

A nível pessoal quais são as tuas expectativas em relação à tua participação neste evento? 

Espero provar a mim próprio que pertenço neste grupo e que nele me posso destacar. 
Acredito que este campo representa uma excelente oportunidade para crescer, para perceber em que áreas devo trabalhar e para me aproximar de uma educação nos Estados Unidos através de uma bolsa de estudos. 

O que esperas alcançar enquanto jogador e pessoa com esta experiência? 

Enquanto jogador acredito que será uma etapa importante, pois esta é uma fantástica oportunidade para me lançar internacionalmente, tendo uma boa prestação neste campo serão abertas as oportunidades que eu desejo para prosseguir no meu percurso como jogador. 
Como pessoa sinto que crescerei imenso pois terei que lidar com os testes físicos e psicológicos que uma experiência deste tipo proporciona e poderei também conviver com atletas e treinadores com um enorme conhecimento para transmitir. 

Acompanhas regularmente o Campeonato da NBA? Qual ou quais as tuas equipas preferidas? 

Não tão regularmente como queria devido a dificuldade de horários, porém sigo outras ligas e sou um grande fã de outros desportos. 
Os Boston Celtics são a minha equipa favorita pois quando era mais novo vivi em Boston, e os Celtics tornaram-se a equipa da família. 

fonte: fpb.pt

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!