Sport Algés e Dafundo a uma vitória
de festejar o título em Torres Vedras

Sport Algés e Dafundo a uma vitória de festejar o título em Torres Vedras(tx)

Depois da vitória na noite de sábado por dez pontos de diferença (83-73), com João Manuel (23), António Pires (20) e Sérgio Correia (18) a fazerem um terço dos pontos da formação algesina, os comandados de Mário Silva voltaram a vencer no domingo apenas por um cesto (79-77) após uma primeira parte brilhante, com o Sport Algés e Dafundo a bater a Física de Torres Vedras por 47-28, uma vantagem de 19 pontos que indiciava um passeio no segundo encontro da final, mas que no final dos primeiros dez minutos do segundo tempo se tornou numa dor de cabeça já que os torrejanos deram a volta ao resultado terminando na frente do marcador (55-59).
Os derradeiros dez minutos foram jogados sob enorme pressão, com as duas equipas a tentarem descolar na marcha do marcador, situação que se manteve até aos instantes finais onde os algesinos voltaram a mostrar superioridade resolvendo a contenda na marca de lance-livre.
O norte-americano Desean White, com 38 pontos foi a figura do jogo (MPV), António Pires com 12, Sérgio Correia e João Manuel ambos com 10, foram os marcadores de serviço do Sport Algés e Dafundo nesta segunda partida da final da Proliga, que deixa a formação do concelho de Oeiras a uma vitória de levantar o troféu de campeã, situação que pode acontecer no próximo fim-de-semana em Torres Vedras na partida de sábado, dia 26, às 15h30, ou se necessário no encontro de domingo às 11h30, evitando o quinto jogo em Algés apontado para a noite de quarta-feira, dia 30, às 21h30, onde certamente o “velhinho” Gomes Pereira voltaria a transbordar de adeptos para festejarem mais um título.

aa



Algés aumenta vantagem
Física sem margem para erro na final da Proliga
A consistência revelada pelo Algés esta temporada nos jogos realizados em casa, mantem-no invicto, tem permitido à equipa liderada por Mário Silva ultrapassar com sucesso os vários obstáculos rumo ao ambicionado título. A vitória deste domingo dos algesinos frente à Física (79-77) coloca a equipa lisboeta a uma vitória do troféu, se bem que uma fantástica recuperação do conjunto de Torres Vedras no arranque da etapa complementar tenha colocado em causa a supremacia revelada pelos visitados durante a 1ª parte. Só no derradeiro quarto, o campeão da fase regular confirmou o triunfo, tendo sido obrigado a conseguir uma reviravolta no marcador.
Desean_WhiteO domínio exibido pelo Algés durante os primeiros 20 minutos de jogo, levavam a crer que o jogo poderia tornar-se fácil, uma vez que uma vantagem de 19 pontos (47-28) em tempo de intervalo é uma almofada pontual muito confortável de gerir.


O descanso fez bem aos atletas de Torres Vedras que no início da etapa complementar alteraram radicalmente o rumo dos acontecimentos. A grande eficácia no ataque, 31 pontos marcados, aliada a uma prestação defensiva de grande qualidade, apenas 8 pontos sofridos, fizeram do 3º período um ponto de viragem no jogo, com a Física a comandar a marcha do marcador à entrada do último quarto (59-55).
Nos últimos 10 minutos a formação de Algés voltou a ser superior (79-77), com o jogo a ser resolvido nos instantes finais na linha da linha de lance-livre, como consequência do recurso à falta para parar o cronómetro. O norte-americano do Algés, Desean White (38 pontos, 14 ressaltos, 2 assistências e 1 roubo de bola), MVP do jogo com a fantástica valorização de 43.5, voltou a estar brilhante, tendo sido providencial a eficácia da linha de lance-livre (14/16 – 88%). António Pires registou 12 pontos e 4 assistências, com a dupla composta por Sérgio Correia e João Manuel a somar 10 pontos.
O poste Josimar Cardoso (22 pontos, 6 ressaltos e 2 roubos de bola) voltou a ser o atleta mais valioso da Física, seguido bem de perto por Ricardo Rodrigues (22 pontos, 7 ressaltos e 2 assistências) e Carlos Dias (13 pontos, 5 ressaltos, 5 assistências e 2 roubos de bola).

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!