Algés em vantagem Ganha 1º jogo da final feminina

Algés em vantagem na final


Algés em vantagem na final Destaque

A discussão do título de campeão nacional da Liga Feminina começou este fim de semana, com as duas equipas que foram mais regulares e exibicionais ao longo da época, repartindo o domínio ao longo da fase regular. Algés e Vagos disputaram entre si os vários troféus, com excepção da Taça da Liga Feminina, que foi para os Açores  O 2º jogo está marcado para amanhã às 15h30, igualmente em Algés

A equipa do Algés entrou a vencer na final da Liga Feminina de Basquetebol, após ter ganho, em casa, o primeiro jogo desta série à melhor cinco jogos, a AD Vagos, por 65-56. Melhor começo por parte das algesinas que se mantiveram sempre no comando do jogo até aos primeiros minutos do 4º período. A formação de Vagos ainda conseguiu empatar o encontro, mas as lisboetas conseguiram fugir novamente no marcador, para não perderem o controlo do jogo até final. O Algés, ao dispor da vantagem de jogar em casa os dois primeiros jogos, não desaproveitou esse fator e venceu o sempre importante primeiro jogo da final da Liga Feminina. As comandadas de José Araújo iniciaram o encontro cheias de determinação, e isso refletia-se no resultado final do 1º quarto, com as algesinas a comandarem por sete pontos de diferença (18-11). Até ao intervalo a equipa de Vagos susteve o bom momento das lisboetas, reagiu como lhe competia, encurtando distâncias durante o 2º período (28-33). Neste período a vaguense Lilian Gonçalves dava nas vistas, ao revelar que estava com a mão quente da linha de três pontos (5/9 lançamentos de 3 pontos). O 3º período foi o mais equilibrado (14-16), com as visitantes a manterem o seu ligeiro ascendente sobre a equipa de Algés, que mesmo assim não perdia o comando do jogo. À entrada do derradeiro quarto a vantagem das lisboetas era já só de três pontos (47-44), um resultado que deixava tudo em aberto para os 10 minutos finais do encontro. No início do quarto período continuou a ser mais forte a AD Vagos que passados poucos minutos igualava o marcador do jogo. Percebia-se que era o momento em que se poderia resolver o encontro, mas foi de novo o Algés a adiantar-se no resultado, fruto de um parcial de 6-0, que viria a estabilizar de novo a equipa da casa. A norte-americana Christina Wirth (22 pontos e 11 ressaltos) teve um papel importante nos dois lados do campo na equipa do Algés, tendo sido bem acompanhada por Ana Oliveira que registou 15 pontos. Apesar do bom desempenho defensivo de Christina Wirth, a atleta da AD Vagos, Flávia Santos contabilizou um duplo-duplo (10 pontos e 15 ressaltos), embora tenha sido a sua compatriota Lilian Gonçalves (23 pontos) a que mais se destacou na equipa de Vagos.



Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!