Proliga decide-se na negra



Oliveirense ganha quarto jogo da final
Num jogo com uma elevada pontuação (101-91), onde os ataques se superiorizaram às defesas, a Oliveirense adiou para a negra a decisão da meia-final do campeonato da Proliga frente ao Algés. Depois de um primeiro período dominado pelos algesinos, a equipa de Oliveira de Azeméis deu a volta ao marcador durante o 2º quarto, para não mais perder a liderança do mesmo até final. O 5º e decisivo jogo vai ser em Algés, na próxima quarta-feira, às 19 horas, onde se decidirá quem vai disputar com a Física o título de campeão da Proliga.
Depois de ter visto a sua vantagem reduzida, os comandados de Mário Silva entraram determinados em resolver a eliminatória em Oliveira de Azeméis. No final do 1º período a vantagem dos lisboetas era de sete pontos, isto num quarto em que foi bem patente o acerto ofensivo das duas equipas (28-19).
Obrigada a vencer, a equipa da casa elevou ainda mais a sua produção ofensiva e com 32 pontos marcados deu a volta ao marcador até se atingir o intervalo (51-48). As boas percentagens de lançamento conseguidas da equipa nortenha, com 13 triplos convertidos à mistura, ajudam a explicar o porquê de se ter mantido na frente durante a etapa complementar. Se bem que só no derradeiro quarto tenha confirmado a vitória, visto que à entrada do 4º período as duas equipas encontravam-se separadas por cinco pontos (70-65).
A fantástica exibição de Spencer Johnson (34 pontos e 13 ressaltos) valeu-lhe a distinção de MVP do jogo com 41 de valorização, muito embora muito bem acompanhado pelo capitão Nuno Freitas, que registou 20 pontos, e o extremo Renato Azevedo (11 pontos, 5 roubos de bola, 3 assistências e 3 ressaltos).
A dupla formada por Sérgio Correia (30 pontos, 6 ressaltos, 2 assistências e 2 roubos de bola) e Desean White (33 pontos, 15 ressaltos, 3 desarmes de lançamento e 2 assistências), apesar da derrota sofrida, esteve a muito bom nível.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Mini-Basket está de volta!